pedras bonitas-photo08

sexta-feira, setembro 16, 2005

Desabafo

Hoje ao encontrar uma amiga antiga no barco, que foi da minha "eterna" turma da 1a classe ao 12º ano, dei por mim a pensar com certa nostalgia em muita coisa que aconteceu. Resume-se mais ou menos assim: amigos que se perderam (ou fui eu que me perdi deles?!?)...
Foram 12 anos juntos, com poucos que sairam ao longo do percurso, e poucos que entratam a meio do nosso percurso. Gostávamos muito uns dos outros, mas com tanto ano, a coisa só podia dar para o torto (com muita, mas mesmo, MUITA pena minha). Os anos passaram e as facadinhas nas costas e concorrência aumentaram. Conflito atrás de conflito. Decidi que não era para mim. Vieram os exames nacionais, veio a entrada para a faculdade e restringiu-se o número de contactos, que continuam a ser (muito) poucos.

Não sei se é de mim, sei que por vezes não tenho um feitio fácil, e que desapareço no exacto momento em que conflitos começam. Por vezes também consigo ser um pouco "anti-social" como por vezes já me chamaram. Eu adoro o meu espaço e o meu silêncio.

Mas tenho pena a sério, de não poder dizer que tenho amigos de verdade que vieram comigo desde a escolinha. Às vezes dá uma certa saudade...

1 comentário:

Ana Rebelo disse...

Pois é, essa questão das amizades desde infância não aconteceu só a ti. Penso que é normal pois cada um segue o seu caminho mas, se a amizade existiu mesmo, ela mantém-se, não acaba de um dia para outro.
Posso estar meses (ou mesmo anos) sem ver amigas minhas de infância mas quando nos encontramos é uma festa e sabemos lá no fundo que podemos contar com elas.
Bjokas e parabéns pelo blog (e até amanhã, ás 13h...)